Feng Shui

Neste artigo darei foco principalmente ao Feng Shui do Chapéu Preto, que é uma técnica recentemente criada aos moldes do povo ocidental. Nos próximos artigos escreverei sobre técnicas ancestrais de Feng Shui e onde tudo começou.

Os títulos acima definem os nomes orientais e suas traduções para uma técnica que data de alguns milhares de anos, que era e é usada na harmonização energética de ambientes, bem como na escolha de locais ideais para construir e na definição de soluções para a integração do homem nos ambientes a fim de obter prosperidade em todos os aspectos.

Ao invés de falarmos em regiões ou ambientes do planeta Terra, tomemos num contexto maior o próprio planeta Terra como se fosse uma região com relação ao Universo.

A Terra é um gerador de correntes energéticas, que variam conforme as regiões do planeta. Segundo a técnica do Feng Shui, um dos aspectos que age ininterruptamente nessas alterações são o “Vento e a Água”.

O estudo do Feng Shui explica que simbólica (metafísica) ou efetivamente, o vento e a água agem nas energias dos locais, variando direções, com mais ou menos velocidade, maior ou menor agressividade e influindo de diversas maneiras entre o Céu e a Terra (Kan Yu) em todo o nosso ambiente.

A técnica é originária da China e foi baseada principalmente no I Ching, no Taoismo, no Confucionismo, no princípio da Polaridade (Yin-Yang), na sequência dos 5 movimentos ou elementos, como os chamamos aqui no Ocidente, enfim deriva das tradições e história milenar da China.
Nos tempos modernos, uma grande celeuma tem sido travada no sentido de “julgar” qual é o Feng Shui certo e qual o falso (termos utilizados pelos oponentes dessa discussão).

Isso vem ocorrendo após uma popularização do Feng Shui no Ocidente, que começou através da adaptação feita pelo professor Lin Yun.

O sistema denominado Black Hat Sect Tantric Buddhism (Escola do Chapéu Preto), deriva do Feng Shui tradicional, somado aos conceitos modernos e ocidentalizados.

O seu objetivo foi simplificar a utilização da técnica, razão principal da massificação da mesma no Ocidente. É justamente essa simplificação que vem sendo o ponto principal da discussão.

Conforme a adaptação do Professor Lin, muitas mudanças que um especialista em Feng Shui tradicional, ou seja o antigo, faria para corrigir energias dos locais, usando bússola, cálculos matemáticos, mudanças em alvenaria, orientação e localização de portas, cama, fogão, cozinhas, depósitos, banheiros, valorizando ou inibindo um ou mais dos cinco elementos, como a terra, água, fogo, metal e a madeira.

Ou também usando os conceitos da polarização Yin-Yang que foram simplificadas e substituídas em sua maioria, por um sistema fixo de localização de 9 “cantos” nos ambientes, no qual cada um representa um tipo de energia (saúde, família, prosperidade, espiritualidade, relacionamento, criatividade, amigos, trabalho e fama).

No Chapéu Preto, conforme a situação diagnosticada e as reclamações dos moradores, são implantadas soluções baseadas em sua maioria em símbolos que representam de alguma maneira a energia a ser ajustada.

Podem ser elementos decorativos, miniaturas ou não e feitos de diversos materiais e cores, plantas, pedras, mobílias, conforme o problema a ser resolvido.

As soluções nesta adaptação têm a maioria de suas fundamentações no imaginário, nas crenças populares, nas simpatias tradicionais e no além físico, ou seja, no metafísico.

A ideia é buscar a substituição das alterações propostas pela Escola das Formas e da Bússola (mais tradicionais), pelo uso de formas de pensamento que pela força já se tornaram verdadeiras egrégoras, capazes de alterar os campos energéticos nos ambientes e nas pessoas (psicossomatização).

Como exemplo, citaria a ideia de colocar uma planta que representa a prosperidade numa casa (em local específico e descoberto, segundo a técnica) onde os moradores tivessem problemas com o dinheiro.

Quais plantas representam essa energia para você?
Girassol, Dinheiro-em-penca, Planta Dólar, entre outras, fariam parte das possibilidades de cura.

E quais pedras colocaríamos?
A Pirita seria uma possibilidade. E assim por diante.

Mais sobre a Escola do Chapéu Negro
Passarei abaixo duas abordagens para tratar questões problemáticas em residências e empresas.

O Segredo da Fala: Repita uma oração conforme sua crença e vontade dentro do ambiente por 9 vezes (pode ser uma vez ao dia). Não precisa ser nada decorado.

O Método dos 3 Segredos:
O Segredo do Corpo: Após implantar as soluções de Feng Shui, fazer gestos com as mãos (mudra) que representem o segredo do coração, com os quais você busca acalmar seu coração e encontrar a paz. Ex.: As mãos juntas para fazer uma prece ou o sinal da cruz (depende muito das crenças).

O Segredo da Mente: Use a força da mente para visualizar a transformação positiva obtida com as soluções implantadas.
O método das 3 Harmonias:

Use uma relação de cada canto do Baguá, um dos nove pedaços no qual sua casa é dividida nesta técnica com outros dois cantos. Segundo esta abordagem, um problema para ser resolvido exige que se melhore outras energias. Nesta abordagem, para resolver um problema de prosperidade, por exemplo, colocaríamos curas nas áreas “P”, “E” e “C”.

Mais exemplos abaixo:

Untitled-1
Onde as letras significam energias de:

T – Trabalho / Missão / Carreira
E – Espiritualidade / Conhecimento / Evolução Pessoal
F – Família / Saúde e Doenças herdadas / Funcionários
P – Prosperidade / Abundância / Financeiro
S – Sucesso / Fama/ Relações Públicas
R – Relacionamento / Casamento / Sociedade / Quartos do casal
C – Criatividade / Filhos / Projetos
A – Amigos / Benfeitores / Recepções / Sala de visitas
Centro – Saúde e Doenças adquiridas / Jardins / Ventilação / Iluminação.

Com a intenção de potencializarmos a realização dos objetivos em cada área, escolhe-se três áreas, descritas abaixo, e coloca-se uma cura referente à energia com mais problema em cada uma dessas áreas. Portanto, coloca-se 3 vezes (uma em cada área) a mesma solução.

As tríades são:
Amigos – Família – Casamento
Carreira – Prosperidade – Casamento
Espiritualidade – Prosperidade – Criatividade
Espiritualidade – Fama – Amigos

Trecho extraído do https://www.eusemfronteiras.com.br Por Francisco Borello

The following two tabs change content below.

Portal Zen Daat

Somos um Portal que traz luz, cura e oportunidades de troca, equilíbrio e paz interior.

Últimos post de Portal Zen Daat (ver todos)

1 Comentário em Feng Shui

  1. Boa tarde!
    Que artigo maravilhoso ❤️.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*