O Um no Todo e o Todo no Um!

A visão quântica, que nos leva a perceber que, se sairmos da ilusão diária,

enxergaremos um mundo de átomos, que somos nós, e o Todo.

E isso nos liberta para podermos ser, aquilo que viemos ser, a Unidade.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Sobre o átomo:

a) Cada átomo é um elemento (um ser) em evolução, da mesma forma que cada ser humano;

b) O entrelaçamento entre os átomos é que permite a formação do que conceituamos um ser humano;

c) Assim, do ponto de vista evolucional, o ser humano é um universo (delimitado e finito) de átomos. Delimitado e finito como todos os universos;

d) A cada momento evolucional, um conjunto de espiras se abre, permitindo a integração com o outro plano e o decorrente influxo de consciência;

e) Como tudo, neste Quarto Universo, o átomo (como o coração, por exemplo) pode ser dividido em 4 partes, norte, sul, e oriente, ocidente, e este é o caminho do fluxo das energias da vida, dentro do eterno Solve et Coagula;

f) Da mesma forma como a energia eletromagnética no entorno do coração positivo do ser humano (cérebro), ela flui no átomo, em espiras, debaixo para cima, e se lança entrelaçada (como Caduceu de mercúrio) pelo centro, iniciando fluxos contínuos;

g) A aparência de coração do átomo é a área que poderíamos chamar de eletrosfera, que circunscreve o pequeno sistema solar;

h) Se um átomo é um sistema solar, então nosso sistema solar é só um átomo de um ser maior, que por sua vez, vai existir dentro de um átomo de um outro, e assim é, até o próprio Imanifestado;

i) A mesma força que vai coagular energia positiva formando o cérebro e energia negativa (negativo no sentido de polaridade do positivo) formando o coração, vai formar cada átomo, na razão de seu núcleo e partículas orbitantes;

j) A mesma lei de formação, obedecem as partículas que formam as partículas sub-atômicas, objeto da perspectiva, expectativa e caminho a trilhar pela física quântica;

k) A palavra átomo (de não divisível) criada pelos gregos, é procedente, pois este corpo que vemos, é o primeiro sustentáculo da matéria do Quarto Sistema. Ao quebrá-lo, já estamos lidando com átomos vitais e, portanto, há ainda mais 6 x 7 camadas de compreensão até chegar a estrutura do átomo primordial, que, por decorrência,teria alterado o número de espiras, mas teria o mesmo sistema binário de forças;

l) A cada sistema, um conjunto de espiras se abre, deixando fluir uma cor, que é a manifestação visual de um estado de consciência;

m) No átomo físico, a determinante é o espaço vazio. Mas é neste espaço vazio que existe o resto do universo. Assim, entre cada espira, entre cada espírula, estão os outros universos menos densos, em processo de integração;

n) Um aspecto para meditar: se no homem o coração é o polo negativo e o cérebro é o polo positivo, e se cada átomo é uma expressão do coração, onde, por lei de analogia está o cérebro do sistema solar? E da galáxia? E do universo?

o) E que energia é que flui mantendo a coesão do ambiente da eletrosfera?

p) Se cada átomo é um reflexo do universo, por decorrência,o ser humano é um reflexo do próprio Imanifestado, pois ele é um conjunto de universos, interferindo sobre todos, e a todos dando sua consciência;

r) Se no espaço “vazio” de cada átomo que forma cada ser humano estão todos os outros planos mais sutis, então onde está a divindade que tanto a humanidade procura? Fisicamente, literalmente, dentro do próprio ser humano!!!

s) A Terra, corpo mineral que habitamos neste momento, em si, tem exatamente o mesmo sistema e fluxo de energia que o átomo, e as espiras que dão forma ao átomo, dão forma a Terra e dão forma e delimitam a ação humana dentro do sistema solar, o Akasha terrestre, imerso em um oceano de Prana, o vazio Vida, que do sol emana. Então, habitamos hoje um coração mineral, que em si, é também um ser em evolução;

t) Qual a diferença então entre os planos e estados de consciência no ser humano: simplesmente a quantidade de espiras com fluxo contínuo. Todos os seres são iguais, formados pelos mesmos átomos. O que muda é a idade dos átomos que formam cada um, dando o estado de consciência do mesmo. O mesmo princípio se aplica aos planetas, aos sistemas solares, aos universos: tudo evolui da matéria sombria à matéria fluogística;

u) Se tudo é vazio e movimento, o que é a vida?? A vida como a entendemos é uma derivada da análise espacial que fazemos, dando a sensação de constância, de seqüência. Quando na verdade, a vida é absolutamente instantânea, e assim deveria ser vista e vivida;

v) Não existe vazio no universo, o que existe é matéria não visível, e toda ela, visível ou invisível é formada pelos mesmos princípios, é mantida coesa pelos mesmos princípios;

x) Assim, o ser humano respira a própria matéria que o forma! É o visível vivendo e respirando o invisível! E ainda assim, o ser humano vê-se como separado do Todo, e busca aquilo que já é! Deseja ir para um lugar onde já está! Busca compreender o Todo, quando na verdade já é (parte) do Todo! É um átomo e é um universo, simultaneamente, só não sabe disto, pois se soubesse, seria tão poderoso quanto o próprio;

y) E imaginem o esforço para conseguir viver o que se chama de vida, sentindo-se separado, diferente, deslocado, pequeno, menor,dependente, etc, etc. Talvez então, a chave para uma vida perfeita e uma perfeita compreensão, seja só aceitar o que nós somos: átomos do todo.

E qual é o caminho????? Simples: conhecimento. Cada um escreve o seu próprio item “Z” ao andar suas escolhas.

 

Por Jorge Antonio Oro

The following two tabs change content below.

Portal Zen Daat

Somos um Portal que traz luz, cura e oportunidades de troca, equilíbrio e paz interior.

Últimos post de Portal Zen Daat (ver todos)

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*