O Que Acontece Quando Não Nos Perdoamos?

Uma das piores coisas na vida é sermos sabedores de nos ferirmos e magoarmos a nós próprios…

Porque acontece isso?

Uma das causas desse mal estar que sentimos conosco mesmos provocando sentimentos de tristeza vem da certeza da Divina Presença que em nós habita.

Somos seres criados a imagem e semelhança do nosso Criador, e temos mesmo que inconscientemente a certeza do imenso amor que Ele tem por sua criatura (cada um de nós), que nos sentimos tristes e deprimidíssimos quando “erramos “, ” falhamos ” conosco mesmos.

Mas, é esse mesmo amor que em nós habita que nos liberta desse sentimento de culpa.

A partir do momento que tomamos a consciência de que tem Alguém que zela por nós, que cuida e nos ama acima de tudo que fizemos e que somos criaturas lindas , preciosas é perfeitas , sim pois tudo o que Ele criou à Seus olhos é lindo e perfeito, nos libertamos desse cruel sentimento.

 

O QUE O AUTO PERDÃO PODE NOS PROPORCIONAR?

Bem, o auto perdão nos faz enxergar que não é difícil ter paz interior, que a Felicidade não mora ou está longe de nós…ela é inquilina do nosso coração.

O auto perdão, também tem o poder curador.

Como assim???

Faça a experiência de se perdoar e verás como as “doenças ” do seu físico e do Espírito se curarão.

Isso de se perdoar tem um efeito colateral:

Eu amo a mim mesmo, e por isso amo o meu próximo.

Amando o meu próximo eu emano energias e vibrações positivas a ele, é essa vibração, e energia volta a mim me causando profundo bem estar.

Portanto, meu caro irmão, minha cara irmã, faça essa experiência de se perdoar e deixe a energia do bem e do amor circular e cumprir seu lindo papel!

 

Tenham todos uma linda trajetória de luz, Paz Profunda e amor no coração.

Com amor incondicional…

Ninna Gomes 

 

Segue um áudio para auxiliá-lo nessa libertação.

Portal Zen Daat

 

The following two tabs change content below.

Portal Zen Daat

Somos um Portal que traz luz, cura e oportunidades de troca, equilíbrio e paz interior.

Últimos post de Portal Zen Daat (ver todos)

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*